Decomposições

NASDAQ COMPOSITE

As divergências no setor de tecnologia são “épicas” e 64% do crescimento anual Nasdaq Composite (COMP.IND) pode ser rastreado em apenas cinco empresas (Microsoft, Apple, NVidia, Alphabet [Google] e Tesla), que correspondem aproximadamente 3.780 pontos de todo Nasdaq (15.630 pontos).

Observe abaixo a inconsistência ao se apegar apenas ao Índice Total do Nasdaq, SP 500 e outros. Os índices gerais se tornam “virtuais”, pois não representam de fato a robustez e solidez do mercado. Ao aprofundarmos em outras empresas, nota-se claramente que a grande maioria delas estão sofrendo quedas em suas ações desde março de 2021, porém, os índices gerais continuam atingindo record e mais record.


Isso ocorre porque o fluxo financeiro está inflando os principais ativos bombardeados pelas mídias sociais: as cinco empresas de tecnologias citadas.

INDICADOR NASDAQ:
REAL VS VIRTUAL

O gráfico abaixo apresenta o Nasdaq Real (VERDE) vs Nasdaq Virtual (VERMELHO).
Caso as cinco, ou seis, principais empresas (MSFT, AAPL, TSLA, FB, GOOG) estivessem com os preços justos de suas ações, ou próximo deles, o Índice Nasdaq estaria em 12.500 pontos.

Conforme os problemas macroeconômicos continuam surgindo em torno da extrema alavancagem financeira, e também do obssessivo comportamento ganancioso dos indivíduos nos mercados, percebe-se que a Linha Verde (Nasdaq Real) vêm decaindo ao longo de 2021. Entretanto, a Linha Vermelha (Nasdaq Virtual) atinge continuamente novas máximas.

Isso faz com que a grande massa atuante nos mercados continuem acreditando fielmente em um mercado forte e na facilidade para ganhar dinheiro.

SPX VS HY

O momento de irracionalidade dos mercados (SP 500, NASDAQ, DOWJONES) sendo demonstrado na Linha Amarela (SPX) está tão absurda, que já descolou completamente neste ano da atual precificação HY (títulos soberanos) Linha Azul (HY).

O que são os títulos high yield (HY)? São títulos de dívidas geralmente emitidos por empresas. Portanto, aplicar em high yield é investir em renda fixa. O diferencial deste produto é o fato de pagar mais juros do que a média das aplicações do segmento. Isso porque é um investimento em que há risco de inadimplência.

Em outras palavras: O mercado (grandes investidores) já estão enxergando uma falta de liquidez monetária na economia (também pelo possível aumento da taxa de juros americanas), fazendo com que haja uma correção no mercado de renda variável e avanço nos investimentos em Renda Fixa.

Dessa forma, há um total descolamento entre os dois índices abaixos, que historicamente sempre tendem a caminhar próximos um do outro. Assim, precificando o SPX em, aproximadamente, 3800 pontos na atual conjuntura.

SPX vs HY

Índice de Consumo vs S&P 500

A imagem à seguir demonstra a embriaguez que a geração atual está vivenciando. O nível alcoólico se compara – ou ultrapassa – a bolha.com em 2000. Existe exatamente a mesma narrativa circulando entre os investidores, mas agora pulverizado de forma abrangente pelas mídias sociais.

São milhares de visões convergindo para um único ponto: disrupção! “Desta vez é diferente” diziam as gerações anteriores quando chegaram no mesmo ponto. A falta de criatividade até nas justificativas que elaboram são facilmente reconhecíveis quando buscamos ler os livros e artigos que relatam as bolhas anteriores.

Sempre a mesma característica: o futuro; os criptoativos; a internet do futuro; a economia virtual em NFTs e Metaverso. Futuro que obviamente não existe. Um dia existirá, mas o preço sempre será convergido pela capacidade produtiva e lucrativa da empresa. Nada justificar o que se passa.

Relação: S&P 500 vs Rendimento de Ganhos Reais

Os ganhos reais (Linha Preta) estão cada vez mais negativos, ou seja, está muito mais difícil e demorado de lucrar alguma coisa nos mercados acionários. Desde 1993, os rendimentos negativos – ou prejuízos – só foram detectados, novamente, em três momentos cruciais que antecederam grandes correções nos mercados.

Anos de 2000 e 2008: as duas maiores correções recentes que o mercado americano vivenciou.

Acredite: Os prejuízos foram dolorosos para os “desavisados”. Em 2022? 2023? Não sei qual a proporção tomará, mas será a maior sangria já vivenciada em quase um século. Uma geração inteira ao longo dos últimos 100 anos está prestes a vez algo terrível em termos de liquidez, prejuízos e abalos financeiros profundos em toda economia.

Retornos do S&P 500 vs Recessões

Tempo Observado: 1871 a 2021

Linha Azul: Preço do S&P 500 supervalorizado.
Linha Preta: Ciclo Ajustado do Preço/Lucro do S&P 500.
Linha Azul Pontilhada: Preço Real do S&P 500 de acordo com os lucros das
empresas.

Conforme sinalizado pelas Setas Vermelhas, o histórico dos topos do S&P 500 sugerem uma forte correção nos mercados, no qual deveria haver uma retração até, aproximadamente, 2050 pontos. Atualmente o S&P obtém 4700 pontos.

Uma correção de ~ 50%.

Tendência de Crescimento

Mais um índice histórico que indica a gravidade da bolha-de-tudo (ao comprar seguindo a multidão), observe: desde 1905, o indivíduo que atuou de maneira irracional e emocional, fatalmente entrou de cabeça em ativos supervalorizados – famosos naquele momento – com uma alta expectativa de lucros rápidos e fantasiosos. Contudo, a tendência de crescimento mediana demonstra que o S&P 500 deveria se corrigir em aproximadamente 2000 pontos. Óbvio que há a distorção potencializada pelo excesso de liquidez gerado pelos Bancos Centrais; pelas redes sociais; por facilidade de acesso aos mercados pelos Smartphones e computadores com o acesso da internet.


O acesso fácil potencializou a entrada de todos nos mercados em qualquer canto do mundo. Porém, os comportamentos individuais emocionais, psicológicos e comportamentais somados com a deterioração educacional, acarretam nestes absurdos vividos.

Preço/Venda vs Bolhas

O índice Preço/Venda (Price/Venda) é uma relação de avaliação que compara os preços das ações de uma empresa com suas receitas. É um indicador do valor que os mercados financeiros colocaram em cada dólar das vendas ou receitas de uma empresa.

Como todos os índices, o índice P / S é mais relevante quando usado para comparar empresas do mesmo setor. Um índice baixo pode indicar que a ação está subvalorizada, enquanto um índice significativamente acima da média pode sugerir uma sobrevalorização. No gráfico abaixo, o P/S de 3.11 ultrapassou todos os limites observados desde 1964.

SUPERVALORIZADO

Absurdos

Linha Azul Escura: Preço atual do S&P 500 quebrando records.
Linha Azul Clara: Expectativa do desempenho do Preço/Lucro do mesmo S&P 500.

Desde 1991 os mercados vivenciaram tamanho absurdo, onde o Preço do S&P é abusivamente maior do que a expectativa de seus lucros – superando a bolha.com. Nestes patamares de Preço/Lucro, o S&P 500 deveria ainda se aproximar no máximo em 3000 pontos.

Bolha dos Banco Central (Federal Reserve)

Abaixo nota-se o momento perigoso que o FED (Banco Central Americano) está ocasionando, ao “normalizar” suas alavancagens monetárias em níveis absurdos jamais vistos, juntamente com a inexpressiva taxa de juros dos Estados Unidos (Linha Preta).

Desde 1955, o FED nunca esteve tão alavancado quanto o momento atual. Observe que, após o mesmo FED iniciar o precesso de desalavancagem, juntamente com o aumento da taxa de juros, os mercados passaram por longas e duras correções.

ALGUMAS consequências: Empobrecimento massivo da população pela perca patrimonial, aumento da taxa de juros que elevam os preços na cadeia produtiva geral e enfraquecimento das moedas dos países subdesenvolvidos pela falta de investimentos por causa da corrida para moeda forte: dólar.

Bubble FED

Valuation vs Recessão Profunda

Particularmente, estes últimos gráficos me deixam um pouco mais preocupados com o futuro da economia mundial. Isso é verificado pelos pontos mais turbulentos da história econômica mundial sinalizados pelas Setas Vermelhas e seus respectivos circulos.

Desde 1929 são observados os momentos de extrema recessão, não só nos Estados Unidos, mas em todo o mundo. Muitos destes momentos recessivos extremos foram seguidos, ou ocasionados, por grandes problemas geopolíticos (guerras ou rumores de guerras) pois cataclismas econômicos têm o poder de abalar profundamente todas as nações.

Estes cataclismas acarretam diversas dificuldades generalizadas, principalmente nos países emergentes. A perca do valor da moeda local é apenas um dos problemas: considero a “invasão” política, ideológica e social como os principais agentes históricos que as profundas recessões produziram nestes países.

CURIOSIDADE SOBRE O MOMENTO DO MERCADO
APPLE INC.


MAIOR EMPRESA (POR VALOR DE MERCADO) DO MUNDO TEM UMA ALTA DE 12,3% NA SEMANA PASSADA, MESMO APÓS A EMPRESA ALERTAR SOBRE PROBLEMAS GRAVES NA CADEIA DE SUPRIMENTOS; DIMINUINDO A PRODUÇÃO DE IPHONES E IPADS.

ENQUANTO A EMPRESA AUMENTA O VALOR DE MERCADO EM SUAS AÇÕES, A PRÓPRIA EMPRESA DIVULGA QUE ESTÁ PASSANDO POR DIFICULDADES DE PRODUÇÃO.

EM VULGO POPULAR: O CONSTRUTOR TE INFORMA QUE SÓ VAI ENTREGAR A OBRA 5 MESES DEPOIS DO COMBINADO E MESMO ASSIM VOCÊ FAZ QUESTÃO DE PAGAR MAIS POR ISSO.

BELA HORA PARA ESTAR VIVO E PRESENCIAR ESTAS COISAS


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s