Relatório Semanal | S&P 500 MACRO!

APRECIE COM UM BOM CAFÉ!

O título “sugestivo” do primeiro gráfico representa o desespero massivo dos indivíduos que atuam no mercado – de forma generalizada: Razões Para Vender!

NÃO VENDA NO DESESPERO!

Se você é um investidor consciente, racional, controlado e consegue interpretar o ambiente nocivo dos mercados, saberá identificar que as notícias são extremamente prejudiciais. Estas induzem a grande massa a seguir o mesmo caminho: quase sempre em direção ao penhasco. Aliás, isso pode até trazer-te um certo conforto, afinal, você acompanhou a maioria e se jogou: quando o ato é coletivo, a dor tende a ser “menor”, certo? Sua responsabilidade e seu sofrimento mental tornou-se praticamente nulo, visto que todos ao seu redor tomaram o mesmo caminho irracional.

A sua culpa – e seu prejuízo – passou a ser aceitável; uma vez que não há como “invejar” um outro alguém que você não viu se “dar bem”.

Faz parte! Este é o típico mesquinho comportamento humano.

O gráfico abaixo demonstra exatamente isso. Todos os pontos vermelhos indicam algum momento de ‘temor’ ou ‘extremo medo’ que fez com que os ansiosos e desesperados por notícias iniciassem à “corrida ao penhasco”. Porém, tudo passou! Enquanto muitos seguiram o fluxo do caos e se jogaram de cabeça no belo e finito precipício, outros poucos simplesmente continuaram seguindo suas vidas.

Interpretaram o momento da maneira adequada, racional e individual: muitos acumularam uma quantia em dinheiro para ir às compras: é como ir ao Shopping após o Natal.

IDENTIFICANDO OS PENHASCOS

Novamente, oriento que minha inteção é identificar exatamente o oposto: visualizar o penhasco à frente e manter-me firme aguardando o fluxo se jogar para ir ao shopping evitando o trânsito.

Abaixo: o primeiro índice macroeconômico a ser analisado.

Definições:

1. Índice Econômico Composto (EOCI): Ferramenta estatística que agrupa muitas ações, títulos e diferentes índices manufaturados para criar uma representação do mercado geral ou do desempenho econômico geral. Os índices compostos são usados para conduzir análises de investimento, medir tendências econômicas e prever a atividade do mercado.

2. ISM Manufacturing Index: O índice de manufatura ISM, também conhecido como índice de “gerentes de compras” (PMI), é um indicador mensal da atividade econômica dos EUA com base em uma pesquisa com gerentes de compras em mais de 300 empresas manufatureiras. É considerado um indicador chave do estado da economia dos EUA.

A Linha Laranja nos informa, desde 1964, o Índice Econômico Composto dos Estados Unidos (EOCI). Todas as vezes que este índice tocou acima de 50% do ISM Manufacturing Index, logo em seguida houve uma forte correção (retração) – tanto do do próprio índice econômico, quanto do mercado americano.

Em outubro deste ano registrou-se, aproximadamente, 60% do ISM Manufacturing Index. O S&P 500 (Linha Preta) acompanhou seguidamente (por estimativas de lucros das empresas que o compõe). Historicamente, indica-nos que possívelmente haverá uma correção acentuada no mercado americano.

Não é interessante seguir o fluxo irracional dos indivíduos que atuam no mercado contrariando um histórico de quase seis décadas: muitos deles podem estar seguindo em direção ao penhasco.

Não se desespere! Mantenha-se firme para continuar seu caminho ao shopping.

Outro gráfico intuitivo relacionando os dados do ‘Movimento de Média de 10 meses’ (Linha Azul) com o índice S&P 500 (Linha Preta). Nos últimos 20 anos ficou bem claro que houve uma correção intensa / prolongada do S&P500 quando o mesmo afastou-se de forma mais acentuada em relação ao seu Movimento de Média.

Por outra perspectiva:

Os Retornos Totais de Altos Rendimentos (Linha Azul Claro) estão estagnados desde o fim de 2019. Consequentemente, toda a alta do S&P 500 (Linha Azul Escuro) subsequente está baseada e Crédito: subsídios; rolagem do endividamento e; principlamente, acréscimo absurdo da base monetária pelo FED (Banco Central Americano). De uma maneira bem básica e esdrúxula: O Mercado está sendo alimentado praticamente de forma “artificial”, quase como uma esquema Ponzi.

Agora, vamos ao assunto do momento:

INFLAÇÃO!

O gráfico abaixo demonstra o histórico do S&P 500 (Azul/Vermelho) ao se deparar com a Instabilidade Inflacionária (Linha Preta) nos respectivos períodos (1985 a 2021). Observa-se que todas as vezes que houve uma inflação acima do normal, a partir de ~ 3%, em seguida houve um forte recuo, ou estagnação, do S&P 500.

Em alguns casos, houve forte queda no índice (Vermelho). Lembrando que o aumento expressivo da inflação é fundamentada pela instabilidade econômica geral.

O indivíduo que manteve suas características comportamentais exatamente iguais a grande maioria, sem buscar entender os momentos dos ciclos do mercado, fatalmente acompanhou o grande fluxo do mercado. Obviamente não é proveitoso enxergar o patrimônio investido sendo “corroído” de forma abrupta, porém, ao acompanhar de perto o movimento deste macrociclo, consegue-se ter uma boa gerência sobre os próprios ativos, utilizando o Caixa de forma mais eficaz.

POR FIM

FLUXO CONTRÁRIO AO SENTIMENTO

O Índice do Sentimento do Investidor “Medo & Ambição” demonstra diariamente em qual o sentimento geral o mercado. Utiliza-se de forma mais ao curto/médio prazo para determinar os níveis de ‘medo e ambição’ que os indivíduos atuantes no mercado se encontram.

Ao conseguirmos aprimorar o autocontrole emocional e psicológico de acordo com o ciclo vigente, habituamos o nosso comportamento exatamente no momento oposto ao Sentiment Index. Por vezes nos “torturamos” ao tentar controlar os instintos gananciosos que permeiam o nosso íntimo humano, principalmente pelo fato de que estes ciclos menores demoram semanas ou meses para se cumprirem, deixando-nos a entender que estamos “deixando de ganhar”, ficando para trás, ou até pela incapacidade emocional sobre ansiedade, nervosismo ou angústia de ver o dinheiro apenas ali, parado no ‘Caixa’ da Corretora.

Note que identifiquei os momentos que são mais promissores de efetuar a ‘compra’ dos ativos, podendo gerar um rendimento maior ao longo do tempo investido e, consequentemente, “reduzindo” o Risco intrínseco dos investimentos: com ativos qualitativo.

Faça bons negócios com o Medo Extremo do outro! Para isso existe os estudos dos ciclos de mercado.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s