Desculpas e Oportunidades

ATÉ QUANTO?

A vida inteira nos deparamos com as desculpas para realizar qualquer coisa. Temos esse velho motivo desde quando crianças ao colocarmos um caminhão de areia nos afazeres simples como estudar, lavar louça, varrer a casa ou simplesmente, guardar os brinquedos – quando somos ainda pequenininhos -.

É impressionante a capacidade do ser humano de tentar colocar a culpa em algo ou inventar situações, que muita vezes cria-se no psicológico, para postergar alguma atitude. Ao se tratar de uma criança, é uma simples tarefa doméstica, mas nos adultos, isso reflete claramente na postura diária. As consequências são impressionantes!

Talvez uma excelente oportunidade de trabalho, talvez uma decisão amorosa, em uma mudança de vida – por medo -, uma mudança de hábito que está influenciando negativamente na própria vida ou na do próximo. Cada um faça sua reflexão.

Particularmente, me considero dinâmico e bem aberto às opções que me foram colocadas. Não considero que tenha sido ruim, apesar de alguns percalços, mas aprendi importantes lições e consegui enxergar uma perspectiva muito ampla do que me rodeia.

Quando estamos buscando diversificação em investimentos e tentando aprimorar nossa visão financeira, é extremamente importante que haja estudo e paciência para fazer o melhor negócio.

“É importante se associar a pessoas que são melhores que você”

Warren Buffet

Todos buscam crescimento pessoal e financeiro, seja lá qual for a referência, mas poucos realmente tornam isso uma busca incessante, ou seja, um fato que tem que ser consumado durante a vida. Se tratando da vida financeira, o lado emocional sempre acaba falando mais alto e nos transformando em pessoas hipócritas e fracas com nossas atitudes. Não há uma maneira mais branda de dizer esse tipo de coisa, afinal, fomos culturalmente inseridos em uma sociedade que prega a capacidade do “ter” e não do “ser” – somos vistos pelo que temos e não pelo que somos -. Este conceito se torna uma bomba relógio aos olhos da grande massa, pois as pessoas se tornam totalmente vulneráveis.

Deve-se tomar consciência que, para “conquistar”, deve-se abdicar. Abdicar do imediatismo, das desculpas, das comparações fúteis, dos valores que o outro impõe como padrão. Você é muito mais do que dizem!

Adquira o costume de ler, estudar e principalmente, se espelhar nas pessoas que conquistaram algo.

RODEADOS DE OPORTUNIDADES

Ao escolher meus “gurus”, cautelosamente, observei que todos, sem exceção, frisam a importância de cultivar a habilidade da comunicação, da educação e da leitura. Esses três fatores te direcionam diretamente para as pessoas, das quais, se associam a você.

Nunca ignore os mais bem sucedidos do mercado financeiro, dentre eles, posso citar: Peter Lynch, Warren Buffett e Ray Dalio. Estes senhores são um exemplo de comportamento emocional para lidar com investimentos. Ao contrário do que o leitor possa imaginar, estamos rodeados de bons e maus investimentos, boas e más empresas.

Sempre que for ao mercado, ao preferir um produto ao invés do outro, analise aquele produto como um investidor, como o consumidor e como o fabricante. Se conseguir diferenciar esses três pontos, estude sobre os balanços financeiros e perspectivas futuras daquele produto.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s